Anúncios


quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Correio Forense - Benefício por idade recebido pelo marido não é empecilho para que a mulher também o receba - Direito Previdenciário

23-11-2012 16:30

Benefício por idade recebido pelo marido não é empecilho para que a mulher também o receba

 

A 1.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1.ª Região negou provimento a uma apelação interposta pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) contra decisão que julgou procedente pedido de concessão de benefício de assistência social a idosa, no valor de um salário mínimo.   Em apelação, o INSS alega não estarem presentes os requisitos legais de concessão do benefício pleitado. Segundo o órgão, já que o marido da autora recebe o auxílio, ela não tem o direito.   Ao analisar o caso, o relator Kassio Marques (foto) concordou com a sentença proferida pelo primeiro grau. De acordo com ele, o art. 203, V, da Constituição Federal, regulamentado pelas Leis 8.742/93 e 12.470/2011, garante benefício mensal ao idoso que comprove não possuir meios de prover a própria manutenção ou de tê-la provida por sua família. Da mesma forma, a Lei 10.741/2003 previu que o benefício já concedido a qualquer membro da família não será computado para os fins de cálculo da renda familiar per capita, conforme apontou o magistrado.   Ainda segundo o magistrado, “o perito judicial, ao haver visitado a residência da parte autora, fora expresso em consignar [...] as precárias condições socioeconômicas em que vive”.   Portanto, “tendo a parte autora se desincumbido do ônus de demonstrar o fato constitutivo de seu direito [...] faz jus à concessão do pleiteado benefício de amparo social”, julgou o magistrado.   A decisão foi unânime.   Processo n.º 0006614-07.2006.4.01.3311  

Fonte: TRF-1


A Justiça do Direito Online


Correio Forense - Benefício por idade recebido pelo marido não é empecilho para que a mulher também o receba - Direito Previdenciário

 



 

 

 

 





Nenhum comentário:

Postar um comentário