Anúncios


quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Correio Forense - Atacante Adriano aceita acordo e vai pagar R$ 110 mil - Direito Processual Penal

12-12-2012 08:00

Atacante Adriano aceita acordo e vai pagar R$ 110 mil

 

O jogador Adriano Leite Ribeiro aceitou fazer acordo e vai pagar as despesas hospitalares de Adriene Cyrillo Pinto, ferida por um tiro na mão dentro do carro do atacante no final do ano passado. Em até 48 horas, Adriano terá que indenizar Adriene em R$ 60 mil. O atacante também terá que depositar R$ 50 mil ao Hospital Barra D’Or, na Zona Oeste do Rio, local onde a jovem foi levada após o incidente. A Audiência de Instrução e Julgamento foi realizada na tarde desta terça-feira, dia 11, no 9º Juizado Especial Criminal da Barra da Tijuca, pelo juiz Joaquim Domingos de Almeida Neto.

Em depoimento, Adriano alegou não ter qualquer culpa pelo tiro que acertou a mão de Adriene, e disse que arcaria com as despesas por “atender uma questão humanitária”. O valor da dívida com a unidade hospitalar já ultrapassava os R$ 50 mil, mas os advogados do Barra D’Or aceitaram a quantia estipulada, concordando também em providenciar a desistência de um processo ajuizado na 7ª Vara Cível do Foro Regional de Jacarepaguá contra Adriene pela dívida contraída.

O ex-PM Júlio Cesar Barros de Oliveira, corréu no processo, também estava no veículo quando houve o incidente. De acordo com os autos, a arma do crime pertencia ao policial, que na época trabalhava  como segurança particular do jogador. Com o acordo, Julio Cesar também foi beneficiado e o processo criminal foi extinto. Tanto ele quanto Adriano respondiam por lesão corporal leve.

Processo: 0025892-41.2012.8.19.0209

Fonte: TJRJ


A Justiça do Direito Online


Correio Forense - Atacante Adriano aceita acordo e vai pagar R$ 110 mil - Direito Processual Penal

 



 

 

 

 





Nenhum comentário:

Postar um comentário