Anúncios


quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Correio Forense - Viúva acusada de matar empresário obtém liminar e suspende audiência - Direito Processual Penal

23-08-2011 06:00

Viúva acusada de matar empresário obtém liminar e suspende audiência

A  pedido da defesa, o desembargador José Augusto de Araújo Neto, da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio, concedeu liminar e suspendeu a audiência de instrução e julgamento do processo que apura a morte do empresário Renato Biasoto Mano Júnior, de 52 anos. A audiência estava marcada para hoje, dia 17, no 3º Tribunal do Júri da Capital. De acordo com a denúncia do Ministério Público estadual, a acusada do crime é Alessandra Ramalho D’Ávila Nunes, esposa da vítima. Ela foi denunciada pela prática de homicídio duplamente qualificado.

O empresário foi morto a facadas, que atingiram o rosto e o peito, no apartamento em que o casal vivia, em um prédio de luxo na Barra da Tijuca, na madrugada de 13 de junho de 2009, logo após as comemorações do Dia dos Namorados. Segundo os advogados da viúva, que nestes dois anos já pediram a realização de 22 diligências, ainda há provas pendentes.

A audiência seria realizada pelo juiz Murilo Kieling, titular da 3ª Vara Criminal da Capital, e estavam previstos os depoimentos de oito testemunhas e o interrogatório de Alessandra Ramalho. Segundo o juiz, a denúncia foi recebida em 18 de junho de 2009, cinco dias após o crime, sendo a primeira audiência de instrução marcada para o dia 21 de setembro de 2009. A defesa da ré já alegou falha na investigação policial e requereu, entre as diversas diligências, as imagens do saguão de entrada da 15ª DP.

Fonte: TJRJ


A Justiça do Direito Online


Correio Forense - Viúva acusada de matar empresário obtém liminar e suspende audiência - Direito Processual Penal

 



 

 

 

 





Nenhum comentário:

Postar um comentário