Anúncios


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Correio Forense - PF apreende dinheiro em cueca de cabo eleitoral do PT em Manaus - Direito Eleitoral

05-10-2012 22:00

PF apreende dinheiro em cueca de cabo eleitoral do PT em Manaus

A Polícia Federal apreendeu R$ 1.280 em dinheiro escondidos na cueca de um cabo eleitoral do PT na madrugada desta sexta-feira (5), em Manaus.

No momento em que foi detido pela Polícia Militar, o homem carregava material de propaganda eleitoral da candidata a vereadora Rosi Matos (PT) dentro do carro.

No interior do veículo, os policiais encontraram um caderno contendo anotações cadastrais de eleitores. O homem, que não teve o nome divulgado, se identificou como membro do comitê da candidata.

A PF o deteve por suspeita de compra de votos. Depois de prestar depoimento, o cabo eleitoral foi liberado.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa da candidata Rosi Matos disse que o homem não pertence ao seu comitê, mas confirmou que a mãe dele é cabo eleitoral do partido.

As apreensões de dinheiro em espécie, por suspeita de compra de votos, já somam cerca de R$ 180 mil no Amazonas, segundo a PF.

Na manhã desta sexta-feira (5), em Tabatinga (1.105 km a oeste de Manaus), na fronteira com a Colômbia e o Peru, o juiz da titular da 36ª Zona Eleitoral, Leoney Figliuolo Harraquian, determinou a apreensão de R$ 90 mil encontrados dentro de uma sacola no carro do candidato a prefeito Raimundo Carvalho Caldas (PDT).

Em depoimento na PF, Caldas disse que o dinheiro era de doação e seria depositado em conta bancária do partido. Ele foi apenas detido e, em seguida, liberado.

O juiz Harraquian disse que recebeu uma denúncia de compra de votos da Polícia Militar contra Caldas. "A denúncia era fortíssima de compra de votos e, ele não conseguiu declarar a origem do dinheiro", afirmou.

Na noite de quinta-feira (4), a polícia prendeu dois homens e uma mulher sob suspeita de corrupção eleitoral ativa, na zona norte de Manaus. Foi apreendido com eles material de propaganda do candidato a vereador Davi Valente Reis (PSDC).

Os três foram surpreendidos pela Comissão de Fiscalização da Propaganda Eleitoral -do TRE-AM- quando realizavam o cadastro de eleitores com a promessa de pagamento de R$ 30,00 em troca de votos para o candidato Reis.

Os três foram liberados após o pagamento de fiança no valor total de R$ 11.196,00.

A reportagem tentou contato com Reis, mas não conseguiu localizá-lo.

As apreensões fazem parte de uma intensa ação de fiscalizando em portos, aeroportos e rodovias para evitar a saída de altos valores às vésperas das eleições do próximo domingo. (KÁTIA BRASIL)

Fonte: Folhaonline


A Justiça do Direito Online


Correio Forense - PF apreende dinheiro em cueca de cabo eleitoral do PT em Manaus - Direito Eleitoral

 



 

 

 

 





Nenhum comentário:

Postar um comentário